O que você quer ser quando crescer? E agora que você já cresceu?

As reflexões e mudanças de carreira podem acontecer em qualquer fase da vida, desde o estágio até uma fase mais madura.

A assessoria profissional individual é atualmente o recurso mais efetivo para preparar os profissionais para atuarem no mercado de trabalho.

Temos ferramentas e metodologia para orientar sus escolhas, ajudá-lo a elaborar um plano de carreira, se preparar para seu objetivo e entrar em ação.

Como Funciona:

A assessoria profissional individual é o processo caracterizado por uma parceria entre o Consultor e seu cliente para se atingir um ou mais objetivos específicos. Nesse contrato, pode haver ou não a figura da empresa contratante, aquela que paga pelo serviço para que seus funcionários sejam atendidos. Nesse caso, as metas organizacionais devem ser consideradas no processo e alinhadas às metas do cliente. Essa assessoria utiliza como principal pilar a metodologia do Coaching, incluindo também técnicas de Mentoring, Treinamento, Capacitação e/ou Orientação Profissional.

Objetivos gerais:

Desenvolvimento de competências e habilidades, conhecimento de seu estilo pessoal, análise de interesses profissionais, definição e alcance de metas a fim de obter melhores resultados em seu papel profissional.

Funcionamento do processo:

Acontece por meio de reuniões periódicas, geralmente semanais, com duração de 60 minutos e pelo estabelecimento e cumprimento de ações e tarefas entre as reuniões, que tem caráter totalmente confidencial, sendo que o Consultor deve manter total sigilo sobre tudo o que foi conversado. O progresso do cliente pode ser discutido com o seu gestor na empresa, sempre com conhecimento do cliente atendido.

Vantagens:

O processo de Assessoria Profissional Individual é extremamente focado e orientado para resultados que devem ser mensuráveis. A metodologia foi desenvolvida para que o cliente participe ativamente, sendo o protagonosta do processo, auxiliado por uma condução positiva e desafiante. Preferencialmente o consultor não deve dizer o que seu cliente deve fazer, que decisões tomar ou quais caminhos seguir. Desse modo o comprometimento tende a ser maior. No entanto caso seja uma situação onde o cliente necessite de uma habilidade ou experiência que ainda não tenha desenvolvido, o consultor pode e deve orientá-lo e passar sua experiência como um mentor ou treinador.

Diferenças entre Coaching e terapia:

Há duas diferenças básicas. A primeira é que o Coaching foca no presente e no futuro e os resultados tendem a aparecer rapidamente. Pode-se até falar sobre acontecimentos passados, porém o foco do trabalho é a solução e o plano de ação e não os problemas de infância ou situações vividas há muitos anos atrás. A segunda é que o Coaching não é indicado para indivíduos disfuncionais. Pessoas com qualquer anormalidade, sofrimento ou comprometimento de ordem psicológica ou mental tais como depressão, transtorno obsessivo compulsivo, anorexia nervosa entre tantos outros, não deveriam passar por esse processo. O Coaching exige muito foco, disciplina e disposição para a ação e nessas condições, talvez o indivíduo possa não estar 100% apto a atender às demandas de seu plano.

Profissionais que podem se beneficiar:

Excetuando-se as condições descritas acima, a Assessoria Profissional Individual é um excelente recurso para quem deseja e esteja disposto a melhorar seus resultados, definir e atingir objetivos e desenvolver competências. Exemplos de fases da carreira onde esse acompanhamento pode ser de grande valor: primeiro emprego, promoção ou transferência para uma nova função, mudança de país, escolha da profissão, mudança de carreira (de emprego fixo para consultoria ou atividade acadêmica, por exemplo), aposentadoria, sucessão, busca de uma recolocação após perda de emprego, novo empreendimento. Sempre que houver necessidade de estruturar um plano de carreira, independentemente de estar em um bom ou mau momento profissional.

O que os clientes desejam ao buscar a Assessoria Profissional Individual? Embora os objetivos variem de cliente para cliente, cerca de 85% deles chegam desejando ser mais assertivos, ter uma melhor gestão do tempo ou melhorar suas habilidades políticas.